Mineiros

JAZIGOS MINERAIS

Mineiro


TEMAS História da Geologia Minerais Rochas Estrutura da Terra O Registo Fóssil Tempo Geológico

Tectónica de Placas Formação das Montanhas Vulcanismo Sismos Links Ligações
Página: 1 de 3

Este Tema faz parte da Geologia Aplicada, um dos domínios da Geologia. Muitos minerais e rochas são matérias primas vitais para o Homem, apresentando uma grande importância industrial e social, sendo a sua descoberta e exploração essenciais para o progresso e continuidade do Homem. A extracção e transformação de substâncias minerais é essencial ao desenvolvimento e bem estar das sociedades contemporâneas. Nomeadamente, a actividade de determinados sectores da indústria transformadora de um país depende da capacidade de obtenção de matérias-primas minerais, seja pela sua aquisição no mercado internacional, seja pela utilização dos recursos do território nacional.
Jazigos Minerais são acumulações ou concentrações locais de rochas e minerais úteis ao homem que podem ser exploradas com lucros. Quase todos os processos de concentração de minerais envolvem movimentos de fluidos (líquidos e gases), como iremos ver mais à frente. Podemos reunir os fluidos em três categorias: 1) fluidos de origem magmática (ígnea), 2) águas provenientes da atmosfera, 3) fluidos associados a processos metamórficos, isto é, fluidos presentes nas rochas que são postos em movimento pelas variações de pressão e temperatura.
Minério é qualquer mineral explorado para um fim utilitário. O minério em bruto, normalmente, é constituído por uma mistura do mineral desejado (útil) e de minerais não desejados, os quais são designados por ganga.

Cristais de magnetite

Cristais idiomórficos octaédricos de magnetite (M=minério de ferro), sendo G a ganga constituída por quartzo.


Clarke é uma unidade de medida correspondente à percentagem média de um elemento existente na crusta terrestre, o mesmo que abundância média de um elemento pertencente à crusta terrestre. Na tabela abaixo representada, observamos que muitos elementos estão presentes em muito baixas concentrações.

CLARKES DE ALGUNS ELEMENTOS ECONÓMICOS, EM PARTES POR MILHÃO (PPM) OU GRAMAS POR TONELADA (g/T)
Elemento
Clarke
Elemento
Clarke
Elemento
Clarke
Alumínio
81.300
Chumbo
13
Prata
0,07
Antimónio
0,2
Lítio
20
Tântalo
2
Berílio
2,8
Manganésio
950
Estanho
2
Crómio
100
Mercúrio
0,08
Urânio
1,8
Cobalto
25
Molibdénio
1,5
Vanádio
135
Cobre
55
Níquel
75
Tungsténio
1,5
Ouro
0,004
Nióbio
20
Zinco
70
Ferro
50.000
Platina
0,01
   

Após a análise da tabela verificamos que existem elementos, como o alumínio e o ferro que são abundantes. Contudo, as suas concentrações económicas só interessam quando ocorrem sob a forma de óxidos simples, hidróxidos ou, no caso do ferro, como carbonatos. Isto porque, geralmente, estão alojados na rede espacial dos minerais silicatados (as leis da química regulam a união de átomos para formar moléculas), o que impede a sua fácil separação e recuperação económica.
Na tabela seguinte e de forma muito sintética apresentamos alguns dos elementos mais utilizados na indústria transformadora, bem como alguns minerais mais comuns a partir dos quais aqueles elementos são extraídos.

Elementos e respectivos símbolos químicos
Minerais mais comuns e respectivas composições químicas
Alumínio, Al
Bauxite, mistura de hidróxidos de alumínio e minerais argilosos
Antimónio, Sb

Estibina (antimonite), Sb2S3

Jamesonite, Pb4FeSb6S14

Arsénio, As Arsenopirite, FeAsS
Berílio, Be Berilo, Be3Al2Si6O18
Bismuto, Bi

Bismuto nativo, Bi

Bismutinite, Bi2S3

Bismite, Bi2O3

Cádmio, Cd Greenockite, CdS
Crómio, Cr Cromite, (Fe, Mg)Cr2O4
Cobalto, Co Cobaltite, CoAsS
Cobre, Cu

Cobre nativo, Cu

Cuprite, Cu2O

Calcopirite, CuFeS2

Calcosite, Cu2S

Malaquite, Cu2[(OH)2CO3]

Azurite, Cu3[OH CO3]2

Covelite, CuS

Ferro, Fe

Magnetite, Fe3O4

Hematite, Fe2O3

Limonite, FeOOH-nH2O

Siderite, FeCO3

Pirite, FeS2

Chumbo, Pb

Galena, PbS

Anglesite, PbSO4

Cerussite, PbCO3

Magnésio, Mg Magnesite, MgCO3
Manganés, Mn Pirolusite, MnO2
Mercúrio, Hg Cinábrio, HgS
Molibdénio, Mo Molibdenite, MoS2
Níquel, Ni

Pentlandite, (Ni, Fe)9S8

Niquelina, NiAs

Cloantite, (Ni, Co)As3

Garnierite, (Ni, Mg)6[(OH)8Si4O10

Ouro, Au

Ouro nativo, Au

Silvanite, AgAuTe4

Calaverite, AuTe2

Prata, Ag

Prata nativa, Ag

Argentite, Ag2S

Silvanite, AgAuTe4

Estefanite, Ag5SbS4

Estanho, Sn

Cassiterite, SnO2

Estannite, Cu2FeSnS4

Titânio, Ti

Rútilo, TiO2

Ilmenite, FeTiO3

Tungsténio, W

Volframite, (Fe, Mn)WO4

Schelite, CaWO4

Urânio, U

Uraninite, UO2

Torbernite, Cu(UO2)2P2O8-12H2O

Autunite, Ca(UO2)2P2O8-8H2O

Vanádio, V

Descloizite, Pb(Zn, Cu)[OH VO4]

Vanadinite, Pb5[Cl (VO4)3]

Zinco, Zn

Zincite, ZnO

Esfalerite (blenda), ZnS

Smithsonite, ZnCO3



  Página: 1 de 3
TEMAS História da Geologia Minerais Rochas Estrutura da Terra O Registo Fóssil Tempo Geológico

Tectónica de Placas Formação das Montanhas Vulcanismo Sismos Links Ligações

Comentários e sugestões:
email

Página da autoria de Luís Domingos